Browsing Category

CRÔNICA

    CRÔNICA

    SOMOS INÚTEIS SEM AS MULHERES

    11 de janeiro de 2017
    mulheres

    Todo homem tem que reconhecer: Somos imprestáveis sem as mulheres. Pelo menos a maioria é dependente delas. Este é um texto para exaltar a figura da mulher na nossa vida. Basta acontecer uma greve das mulheres no mundo para percebermos o quanto imprestável somos sem elas. O sujeito fica completamente inútil. Sem rumo. As mulheres são peça fundamental para o mundo continuar sendo um local habitável. Elas são o CEO das vidas dos caras.

    Alguns caras dizem que não é bem assim, e que homem sabe também curtir quando está longe de sua mulher. Ele diz que ela pode  ir viajar tranquila por alguns dias, que ele vai marcar uma pelada com os velhos amigos, talvez um torneio de truco com os familiares, fazer um churrasco diário com os amigos, mas a verdade é que viverá de qualquer coisa que não o reserve mais do que 15 minutos na cozinha.

    Existem as exceções, é claro.  Se você tem um exemplar de homem que é diferente, valorize. Saiba que a maioria dos homens é apenas um mortal comum. Nem todo mundo é um deus da masculinidade como o Rodrigo Hilbert. Uma grande parte não sobrevive uma semana sem uma mulher lhe dando a direção das coisas. Dois ou três dias sem ela é o suficiente para querer revogar o direito de independência e exílio.

    mulheres

    O homens sem as mulheres são seres perdidos

     Alguns casados são ainda mais complicados. Basta a mulher viajar e o cara demora para se encontrar na rotina. Ele não entende porque arrumar a cama quando levanta se vai deitar de novo daqui algumas horas. Os encostos da cadeira são sempre os melhores lugares para pendurar roupas. Especialmente as camisetas. Ele não tem mais a mãe para explicar que alí não é o lugar. E ela não tem a obrigação de ser a mãe dele. No fundo, ele queria alguém para explicar mais uma vez isso a ele.

    Basta ela sair de casa por algum tempo e as plantas e animais passam por um período de vacas magras. Ele lembra de por a água, mas só depois que termina a partida de futebol na TV. Ele sempre tá com a sensação de que está devendo alguma coisa. E sempre está.  A comida do cãozinho sempre o faz refletir como é importante ter alguém para cuidar dele. Não que todos os homens sejam apenas amebas ambulantes, mas alguns gostam de sentir-se dependentes.

    Ele nunca se convencerá de que o fogão está sujo suficiente. A lancheira elétrica também. A geladeira será aberta muitas vezes e sofrerá roubos frequentemente durante a madrugada. Lembra do Hilbert? Alguns caras acreditam ser como ele e começam a elaborar  receitas mais improváveis possível. O resto do arroz, catchup, ovos fritos, queijo branco e sorvete de creme parecem combinar. Pelo menos na cabeça dele. Nem todo mundo é um gourmet. Alguns, sem talento, apenas admiram o Masterchef pela televisão.

    O videogame será sempre seu refúgio na ausência dela. Ele aproveita para jogar os jogos violentos que suas mulheres insistem em reforçar que na presença dos filhos nunca poderá jogar. “Tem sangue demais”, diz ela. “É violento”, reclama. 

    Banho então, só será tomará se tiver acima de 28 graus ou em caso de emergência higiênica. O sofá ficará com a forma da sua bunda. Terá que dormir todos os dias com o travesseiro molhado por causa da toalha deixada em cima. E ele não dá a mínima. Claro, nem todos os homens são assim, e nem todas as mulheres precisam ser prendadas, mas é inegável dizer que elas se viram bem mais que eles. Ele sabe, no fundo, que será sempre um imprestável longe dela. Ele ama ela, do jeito que ela é.

    SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS.

    INSTAGRAMYOUTUBETWITTERFACEBOOK

  • grande
    CRÔNICA

    O GRANDE AMOR DA VIDA (OU NÃO)

    Ela jurava ter conhecido o grande amor da vida. Mesmo ainda quando era apenas uma adolescente. Ele, obviamente, era alguns anos mais velho. Afinal, os meninos da idade dela… Aff, eles são esquisitos e…

    16 de dezembro de 2016
  • casal
    CRÔNICA

    MUITO MAIS QUE UM CASAL FOFO

    Hoje é muito fácil ser um casal fofo na internet. Às vezes, as pessoas nos acusam de ser apenas mais um deles. Dizem: “Como vocês são fofos juntos” e pronto. Parece que ser o…

    14 de dezembro de 2016
  • falar
    CRÔNICA

    FALAR SOBRE O AMOR QUE SE VIVE

    Sempre nos perguntam porque resolvemos falar sobre amor e relacionamentos. Assim que nos demos conta de que nos amávamos percebemos que o mundo precisa sentir isso. O mundo precisa de mais gente que ainda…

    12 de dezembro de 2016
  • amor
    CRÔNICA

    SE UM AMOR ACABA AQUI, TEM SEMPRE OUTRO ALÍ.

    O amor sempre dá novas chances depois que ele acaba. A vida segue oferecendo amores mesmo depois de jurar que aquele que acabou de terminar era o melhor de todos. É possível amar de novo…

    2 de dezembro de 2016
  • amar
    CRÔNICA

    AMAR É A COISA MAIS NORMAL DO MUNDO

    Amar é comum sim. Todo amor do mundo está disponível e pode ser experimentado. Cada pessoa neste universo tem a possibilidades de degustar a grande quantidade de amor no mundo. São, pelo menos, sete…

    28 de novembro de 2016
  • felizes
    CRÔNICA

    TODOS QUEREM SER FELIZES

    Eu acho que não existe ser humano no mundo que não queira entrar no grupo dos felizes. Acontece que existem bilhões de maneiras de se sentir completo. Felicidade não tem muito a ver somente…

    21 de novembro de 2016
  • juntos
    CRÔNICA

    CRÔNICA – PARA SEMPRE ESTAREMOS JUNTOS

    Uma história sobre a vida de um casal juntos “Meu Deus, estou morrendo!”– ela ouviu um grito vindo da direção do banheiro, parecia ser a voz do esposo. Esperou um segundo e sentiu alivio…

    22 de julho de 2015
  • paranóia
    CRÔNICA

    CRÔNICA – A HILÁRIA PARANÓIA FEMININA

    Era paranóia. Paranóia? Exagero. Sim, uma grande paranóia. “-Toca, porcaria, toca!” – dizia ela em voz alta olhando para o aparelho telefônico. Era mais um reflexo da vontade de falar com ele. Pausou por um…

    1 de julho de 2015
  • nosso
    CRÔNICA

    CRÔNICA – NOSSO GRANDE DIA

    Tudo como tinha que ser. Havia sonhado com essa data os últimos meses. Ela acordou cedo, e se deu conta que o dia mais esperado da vida dela acabara de chegar. Tudo agora seria…

    24 de junho de 2015
  • mulher
    CRÔNICA

    CRÔNICA – MENINA, MULHER, GUERREIRA!

    “É menina!” – Quando a notícia chegou aos meus ouvidos, logo me bateu o desespero de ser mulher. Eu era homem, portanto, não entendia nada sobre mulheres. Lembro que pensei: “Meu Deus como vai…

    17 de junho de 2015
  • Namorados
    CRÔNICA

    CRÔNICA – DIA DOS NAMORADOS

    Era dia dos namorados. Quase meio dia, ele acordou em um pulo. Havia esquecido que Marina se importava com essas datas comemorativas. Ela era bem daquelas que ficam emburradas o quando um dia importante…

    10 de junho de 2015
  • FLERTE
    CRÔNICA

    CRÔNICA – O JOGO DO FLERTE

    Ela sempre o via no metrô. O flerte vinha naturalmente. Todo dia sabia até em que ponto iria subir.  Apesar disso, nunca teve oportunidade de se aproximar e conversar com ele. Apenas trocavam sorrisos,…

    3 de junho de 2015
  • AMIGOS
    CRÔNICA

    CRÔNICA – QUASE BONS AMIGOS

    Quando ainda eram apenas bons amigos havia um lugar que adoravam ir juntos. Ela dizia que naquele lugar as coisas eram diferentes, era uma espécie de fuga da realidade. Já ele, dizia que gostava…

    27 de maio de 2015
  • QUEM
    CRÔNICA

    CRÔNICA – CONSELHOS GRATUITOS A QUEM AMA…

    Quem ama de verdade? O amor é frustração de inverno, é querer o sol em plena beleza da neve. Limpa e pura. É inocentemente não aceitar que as temperaturas baixas um dia chegam. Entendo…

    25 de maio de 2015