RELACIONAMENTOS

A IMPORTÂNCIA DA DIVISÃO DE TAREFAS ENTRE OS CASAIS

11 de novembro de 2016
tarefas

Nós sabemos que o amor é o princípio básico para que duas pessoas se unam e formem uma família, porém não é só ele que garante uma convivência feliz e duradoura. Quando duas vidas se juntam, com elas vem suas personalidades e até culturas que podem ser bem diferentes uma das outras. Inclusive as tarefas.

Por mais que você pense que conhece seu parceiro, quando se mora junto as coisas são bem diferentes e você passará a conviver com uma pessoa que pode ser totalmente o oposto de você, alguém que foi criado com outros costumes e tradições. Mas isso não pode ser um empecilho para quem se gosta e quer ficar junto.

O que nós devemos ter em mente é que somos seres adaptáveis e, se realmente fazemos questão de estar ao lado de quem a gente ama, temos que nos moldar a essa pessoa e isso não quer dizer fazer sempre as vontades do outro, significa entender que um dia você terá que ceder para evitar uma discussão quando seu companheiro estiver mais estressado, por exemplo. Se adaptar significa colocar-se no outro lado e imaginar uma situação em diferentes ângulos, com outros pontos de vista – isso faz parte do dia a dia de uma família que se ama.

Porém, a vida tem sido corrida para todos, hoje em dia é comum em um relacionamento ambos trabalharem fora e, quando chega o tão esperado momento de ir para casa, ninguém quer encontrar um lugar sujo e bagunçado, e é aí que entra a importância da divisão de tarefas.

Dividindo tarefas: Eu faço isso, você faz aquilo

Essa divisão não precisa ser algo necessariamente pré-definido, ela depende da situação e do bom senso de cada um. Por exemplo: se você se propôs a ir para a lavanderia, porém não sabe como tirar mancha de gordura da roupa, você poderá deixar essa tarefa para quem mais entende do assunto e ir fazer alguma coisa em que se considera mais útil, como varrer a casa. O mesmo vale para a alimentação, enquanto um cozinha, o outro fica responsável pelas louças sujas. O que não vale é sobrecarregar um lado apenas!

Se você se considera uma pessoa mais organizada, poderá tranquilamente tomar conta dos documentos, contas e outras burocracias envolvidas em uma casa. Enfim, no dia a dia afazeres domésticos não faltam, só cabe ao casal a sensibilidade de identificar os pontos fracos e fortes de cada um para que a divisão seja benéfica para ambos.

A divisão de tarefas não pode ser motivo de desavenças entre o casal e muito menos algo forçado, tem que partir da boa vontade de cada um, do desejo de cuidar do seu espaço e ao mesmo tempo pensar no companheiro.

bw-pixabay-couple-love-hands-437968_1920

Heranças do passado

Muitos entendem a divisão de tarefas como um favor que se faz ao outro, e esse é um pensamento equivocado, e tem uma base tradicionalista. Antigamente as coisas podiam ser um pouquinho diferentes, se pensar em seus avós ou até mesmo alguns pais, geralmente os afazeres da casa recaiam sobre a mulher, e o homem era encarregado de trazer dinheiro para a casa. Então ela ficava o dia inteiro limpando e cuidando das crianças para que quando o marido chegasse encontrasse um prato quentinho esperando e as roupas passadas. Ou seja, a maioria dos homens de antigamente raramente colocava o pé na cozinha, quiçá fazer tarefas como tirar mancha de gordura da roupa e esfregar o chão!

Felizmente os tempos mudaram e todos devem colaborar para o bem da casa! Mesmo porque com ambos trabalhando fora, imagina chegar depois de um dia cheio e ainda sobrar tudo para um lado, enquanto o outro relaxa no sofá? A maneira como os casais se relacionam mudou com o tempo, e as pessoas ainda estão se adaptando a essas mudanças, mas não se preocupe tanto, pois isso é algo natural, que vem com o tempo: a experiência vem junto com a maturidade – e talvez com alguns empurrõezinhos.

E viveram felizes para sempre

Claro que também não é errado se apenas um trabalha fora que o outro se encarregue mais dos afazeres domésticos, vai de sentar e ter uma conversa para deixar as coisa claras e as responsabilidades definidas, de acordo com a dinâmica de cada casal. O que deve ficar claro para ambas as partes é que dividir as tarefas é assumir um compromisso e cuidar de um lugar que também é seu.

Quando passamos a entender melhor o conceito de divisão as coisas passam a fluir de uma maneira muito mais natural e as responsabilidades sobre as questões relacionadas ao lar passam a ser de ambos, o que no final das contas é vantajoso para os dois. No final, sobrará mais tempo livre para um programinha romântico e, o melhor, com a casa limpa e organizada, aí sim vocês terão tempo de sobra para desfrutar do que toda família tem de melhor, que é o amor.

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS.

INSTAGRAMYOUTUBETWITTERFACEBOOKSNAP |

Dê sua opinião. Comente!

Você também vai curtir: